Leitora do RJ encontra larva em bombom da Cacau Show

                   ,Recepcionista de Duque de Caxias encontrou uma larva dentro de um bombom da Cacau Show (Foto: Raquel Xavier/VC no G1)
Às vésperas da Páscoa, a recepcionista Raquel Xavier, de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, ganhou de presente de uma amiga um bombom sabor guaraná da marca Cacau Show. O que ela não esperava era perceber que o doce veio também com uma larva. Ela fotografou o chocolate na segunda-feira (25) e enviou a imagem para o VC no G1.

“Por ato divino consegui ver antes de comer que tinha um bicho dentro do bombom. Estou enojada”, conta Raquel. Ela diz que a amiga comprou o doce no sábado (23) em uma loja de rua (a leitora corrigiu a informação dada anteriormente de que o chocolate havia sido comprado em um shopping).

“Quando fomos abrir para comer na hora do almoço, a gente viu. Estou indignada com a Cacau Show”, lamenta.

Nota da Redação: o G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Cacau Show e recebeu a seguinte nota:

“Em resposta à manifestação da consumidora Raquel Cristina Carneiro Xavier, a Cacau Show informa que está tentando contato com a consumidora, porém sem sucesso, uma vez que só sua mãe atende às ligações da empresa, que precisa falar com a cliente para apurar os fatos e providenciar a retirada do produto para análise. Já de antemão, a empresa informa que trata-se de um caso isolado e que tratará o assunto com a maior seriedade possível.

Vale ressaltar ainda que os produtos da marca são perecíveis e respeitam a legislação da Vigilância Sanitária, no que dispõe às Boas Práticas de Fabricação e Comercialização. Por isso, a Cacau Show realiza severo e rigoroso controle de qualidade, em suas fábricas e nas mais de 1.300 lojas franqueadas da rede, com procedimento higiênico-sanitário no que se refere à refrigeração adequada, controle integrado de vetores e pragas urbanas, desinfecção, manipulação dos alimentos, bem como barreiras nas linhas de produção.

Outro procedimento que a empresa adota é o Programa de Excelência do Franqueado (PEF), o qual preza pela qualidade, excelência e gestão da loja, estoque, área de venda, higiene e dedetização. Para conferir maior idoneidade e seriedade ao Programa, as auditorias são realizadas por uma empresa terceirizada, a Bureau Veritas, uma das mais conceituadas e hoje com mais de 400 mil clientes no mundo inteiro.

Por fim, a Cacau Show reforça o posicionamento de sempre estar à disposição para ouvir seus clientes, mantendo uma preocupação contínua em aprimorar a qualidade de seus produtos e serviços.”

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/vc-no-g1-rj/noticia/2013/03/leitora-do-rj-encontra-larva-em-bombom-da-cacau-show.html

Consumidoras encontram fungos em embalagem de sucos

Um gosto estranho levou duas consumidores – uma do Rio e outra de Manaus – a encontrarem fungos no fundo de embalagens de sucos. As duas histórias foram contadas no Facebook, causando indignação de muito usuários.

No Rio, o problema foi encontrado na bebida de soja AdeS Original. A história foi contada ontem à noite na rede social e já teve mais de mil compartilhamentos:

“Imediatamente abri a embalagem e me deparei com este fungo nojento. Liguei para o SAC da empresa que me disse, com naturalidade e como se nada tivesse acontecido, que isso pode ocorrer devido a um defeito na embalagem, mas que eles iriam buscar o mesmo e me enviariam um novo produto! Estou indignada!!!”, disse a jovem.No suco Laranja Caseira, outra consumidora encontrou fungos na embalagem Foto: Reprodução da internet 
Em Manaus, o fungo foi encontrado no suco Laranja Caseira, produzido pela Coca-Cola. Pelo Facebook, a jovem contou que, no mesmo dia em que comprou a bebida, dia 8 deste mês, abriu a embalagem. Ao beber, achou o gosto diferente, mas não se importou. No dia seguinte, porém, ao se servir do suco percebeu que ele estava com uma cor estranha e com pedaços escuros. Ela, então, decidiu abrir a caixa.

“Ao abrir a caixa encontrei esse fungo nojento. Por mais que não seja nocivo à saúde, não há um cidadão que vá comprar um suco esperando fungos no fundo da caixa”, escreveu, em sua página na rede social.

No Facebook, a imagem do suco de laranja com fungos foi compartilhada por 37.693 usuários, até o início da noite de hoje. E 40.682 pessoas curtiram a publicação.

Procurada, a Coca-Cola disse que “as embalagens deste tipo não podem sofrer impacto ou ficar expostas ao tempo e a temperaturas extremas. A foto publicada pela consumidora mostra ou indica formação de bolor, normalmente causada por perda de vedação da embalagem por impacto.”

Por e-mail, a Unilever, fabricante do AdeS, alegou que a bebida “é um alimento 100% natural e sem nenhum conservante, feito com os mais rígidos padrões de produção para preservar todas as propriedades da soja, garantindo que todos os produtos saiam da fábrica em perfeitas condições para consumo.

A embalagem do produto foi desenvolvida para garantir que o produto seja protegido contra luz, umidade e gases, mantendo as suas características físico-químicas, sensoriais e microbiológicas. Porém, por tratar-se de um produto sem conservantes, tem maior vulnerabilidade caso haja algum tipo de dano em sua conservação”.

A Unilever ainda deu dicas de conservação do produto:

– Sempre verifique a data de validade

– Confira se a embalagem está com a tampa intacta

– Evite embalagens amassadas e rasgadas

– Armazene seu AdeS em local seco e arejado

– Após aberto, guarde seu AdeS na geladeira e consuma em até três dias

http://www.endividado.com.br/noticia_ler-35361,consumidoras-encontram-fungos-em-embalagem-sucos.html